TRANSLATE/ TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar no Blog

Carregando...

terça-feira, 14 de junho de 2011

MANUTENÇÃO DE UM SHIH-TZU - Parte IV - Cuidados no Frio

Diny adora ficar coberta no frio.
   Quando a temperatura começa a baixar, não são só os humanos que sentem frio, os animais também. Os mais afetados são os de pelagem curta. Algumas raças, como o Husky Siberiano, o Malamute do Alaska, São Bernardoe nosso Shih-Tzu, possuem características que os fazem mais resistentes ao frio (sub pelo e maior camada de gordura sob a pele). Porém nossos Shih-Tzus possuem o canal nasal muito curto, o que pode lhe trazer no mínimo desconforto respiratório e quanto mais curto for pior será para o peludo. Podemos observar que no frio, algumas doenças aparecem com maior frequência. Por isso, devemos preparar nossos animais para atravessarem o inverno.


Diny em 2º Plano e Kalel 1º Plano aquecidos.
   Eles podem apresentar sinais clínicos, tosse, espirros, febre, falta de apetite e coriza. Damos o nome a esse quadro de traqueobronquite ou "tosse dos canis". Essa doença pode aparecer em qualquer época do ano, porém há uma maior predisposição nos meses frios. A tosse dos canis pode ser causada por vírus, bactérias ou fungos, e é altamente contagiosa entre os cães através do contato direto entre os animais. assim como os humanos apresentam em estados de resfriados e gripais. A doença pode ser causada por vírus, bactérias ou fungos e é altamente contagiosa entre os cães através do contato direto entre os animais.


Além das doenças respiratórias, os animais idosos com problemas osteoarticulares como artrose, calcificações na coluna ou hérnia de disco, passam a sentir mais dor quando expostos a baixas temperaturas. 


Choques de temperatura, como dar banho, secar o cão com secador (em casa ou pet shop) e sair em seguida com ele na rua, será prejudicial, seja ele jovem ou não.  




Aconselhamos tomar os seguintes cuidados no inverno:

 Evite banhos em dias muito frios e diminua a frequência de banhos no inverno (se possível);

 Mantenha a pelagem do animal mais comprida no inverno, evitando tosas muito baixas;
 Coloque roupa no cão de pelagem curta, caso ele se ressinta muito do frio. Existem animais que tremem de frio exageradamente! Cães grandes e gatos não toleram roupas; 
 Se costuma nevar ou gear em sua região, sapatos protegem as patas do cão de queimaduras causadas pelo frio;
 Há cães que, embora tenham casinha, preferem dormir ao relento ou ficar na chuva... Prenda esse animal num local abrigado nos dias muito frios ou chuvosos;
 Vacine seu cão anualmente contra a traqueobronquite, se ele frequenta locais com outros animais (pet shops, hotéis para cães, exposições);
 Quando der banho em seu animal, use água morna e seque-o bem. Não deixe que ele saia na rua, no mínimo por 30 minutos após o banho. Isso vale, principalmente, para cães que tomam banho em pet shop, pois o secador é extremamente quente e haverá um choque de temperatura se ele sair no frio;

 Leve seu cão para passear na rua nos horários mais quentes do dia (das 11:00 as 15:00hs);
 Aumente em 20 a 30% o alimento do seu cão/gato no inverno. Isso não vale para cães e gatos obesos, sem atividade ou com grande tendência a ganhar peso.





Modelo de casinha artesanal feita com bacias plásticas (foto Eliana Gasparini)
Todo animal tem direito a um abrigo no inverno. Na natureza, os cães selvagens podem se abrigar em tocas durante o frio. Outras espécies também procuram abrigo.



Providencie uma casinha para seu animal, caso ele viva em um quintal, ou deixe-o preso num local abrigado como garagem, lavanderia, ou mesmo dentro de casa, quando a temperatura estiver muito baixa. Assim, quando você estiver quentinho, embaixo dos cobertores, poderá dormir tranquilo, com a certeza que seu amigão não está passando frio!




   Se você também quiser ajudar a aquecer um animal sem dono neste inverno, localize uma entidade protetora perto de você e doe o que puder. Uma roupinha velha de seu cachorro e um pouco de jornal poderão fazer a diferença para um cão ou gato que está passando frio. Localize uma entidade protetora.

Os agentes mais comuns que podem provocar a traqueobronquite são:



 vírusparainfluenza e adenovirus tipo 2 (não transmissíveis ao homem)

 bactériasBordetella bronchiseptica (transmissível ao homem, mas na maioria dos casos em pessoas com o sistema imunológico deprimido)



   Os animais sadios, após o contato com cães doentes, podem desenvolver os sintomas num período de 3 a 10 dias. As infecções por vírus normalmente são mais brandas, e não requerem tratamento específico. Porém, quando mais de um agente está envolvido, principalmente a Bordetella, o quadro se torna mais grave, e é necessário tratar o animal para que não se desenvolva pneumonia.
   A prevenção da doença se faz através da vacinação. Além da vacina antirrábica e da vacina múltipla (contra cinomose, hepatite, leptospirose, parvovirose, coronavirus e parainfluenza), todo cão pode receber uma dose da vacina contra a tosse dos canis a partir de dois meses de vida, com reforço anual. A vacina pode ser aplicada por via intranasal (o líquido é instilado dentro das narinas do cão - dose única) ou injetável (2 doses). A vacinação protegerá o animal contra a parainfluenza, o adenovirus tipo 2 e a Bordetella.
   Outros fatores podem causar tosse nos cães, como friagem, odores fortes (produtos de limpeza, solventes, tintas...) e alergias a ácaros ou pólen. Animais nessas condições estarão mais sensíveis e, portanto, predispostos a serem contaminados por um vírus ou bactéria, o que irá agravar o quadro respiratório.
    O correto é vacinar e, no inverno, evitar passeios em horários ou dias muito frios e banhos muito frequentes, principalmente em animais idosos. Raças de pelagem curta, como doberman, dachshund, pinscher e outros, sentem muito frio. Todo cão deve ter uma casinha, canil ou abrigo no inverno. Cães que dormem desabrigados são sérios candidatos a desenvolver doenças respiratórias.



Fonte: Web Animal.

Postado por Kely V.S.S.

11 comentários:

  1. Aihh otimo artigo ...nesse frio todos sofrem um pouco..meu Jack morre de frio mesmo com tanto pêlo!!!!
    esse blog é otimo..parabens !!!

    bjxxxxx

    Chy

    ResponderExcluir
  2. Chy, muito obrigada por deixar sua opinião é muito importante mesmo! Procuraremos sempre postar sobre o real e sempre em defesa dos Shih-Tzus. UM GRANDE ABRAÇO DE KELY E TAÍS.

    ResponderExcluir
  3. Grande Chy...muito obrigada por sempre aparecer por aqui flor,comente sempre viu?

    ResponderExcluir
  4. tenho uma shi tzu filhote de 46 dias ja posso dar banho e levar no pet shop pra cortar as unhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nicoli, bem primeiro que a filhote deveria ficar com sua mãe e irmãos até no mínimo 60 dias.Banho somente após 15 dias da última vacina dela. Ir a pet shop ela correrá risco de contrair doenças.

      Excluir
  5. Mimha cachorra gostade brincar com seu coco,ela tem 2meses .Isso e normal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até para nós humanos isso é normal. Ela pode vir até a comer o que vc tem de fazer é não dar atenção qd ela brincar, sair de perto e chamar a atenção dela pra outra coisa. E somente qd ela n estiver perto olhando vc recolhe o cocô. Att. kely

      Excluir
  6. Muito bom este blog(ou artigo) meu shih tzu tem 3meses e dorme quase o dia inteiro e bebe muita agua ,isso é normal???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é normal. Obrigada

      Kely

      Excluir
  7. Ok mais é normal eles ficarem deitados o dia inteiro e so sair para comer beber agua etc....?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No inverno frio sim, eles quase hibernam...rsss Normal. att. Kely

      Excluir

Deixe aqui, críticas, sugestões e elogios, sua opinião é muito importante!!

COMENTE!!!!!